segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

ENTREVISTA COM ZÉ MÁRIO,PREFEITO DE SÃO JOÃO DOS PATOS

Zé Mário concedendo entrevista a Léo Lasan
Nos últimos oito anos a frente da Prefeitura de São João dos Patos, José Mário, 50 anos, atualmente considerado no médio sertão maranhense, como o prefeito de maior aceitação com 92% de aprovação popular, conforme pesquisa realizada em setembro de 2012 e responsável pela mudança e avanço do município, entregará daqui a menos de duas semanas, para o prefeito eleito Dr. Waldênio (PMDB), a infra-estrutura funcional do município, considerada como uma das melhores do estado do Maranhão, conforme depoimentos do atual prefeito. O Blog Paraibanomanews, foi até a cidade de São João dos Patos para realizar  entrevista com Zé Mário e saber como ele deixa a prefeitura e qual o seu futuro político. Mas o entrevistado foi além e falou sobre seu relacionamento com os prefeitos da região, criticou a Confederação Nacional dos Municípios, a FAMEM, teceu elogios aos deputados Pedro Fernandes e Gastão Vieira e revelou que depende da vontade da governadora Roseana Sarney para ser candidato a deputado federal, sugeriu ainda quem poderá ser o futuro governador do Maranhão. A entrevista foi concedida na manhã de quinta-feira (13) ao jornalista Léo Lasan, que estava na companhia do ex-candidato a prefeito por Paraibano, Olivan Coelho (PMN) e do colaborador do blog, professor Lolynha.
Léo Lasan: Zé Mário, sua gestão está chegando ao final, à frente da prefeitura de São João dos Patos, qual avaliação sobre o seu trabalho?
Zé Mário: O que posso dizer sobre o trabalho de gestor em São João dos Patos é a  CLIQUE EM LEIA MAIS PARA VER A ENTREVISTA COMPLETA
 satisfação do dever cumprido, por que você se eleger a prefeito é difícil, reeleger é mais difícil, e fazer um sucessor mais difícil ainda, o grau de dificuldade vai aumentando com a sua estada no poder, então, já fui vereador por dois mandatos, já fui deputado estadual a metade de um mandato, e prefeito duas vezes, portanto, para fazer seu sucessor ou você tem crédito mesmo e tem um bom candidato ou então não faz e eu tive a felicidade de fazer, eu costumo dizer que o círculo de uma gestão de um projeto político, dura doze anos, então estou feliz por ter completados esses anos, por que eu fiz meus oito anos como prefeito e estou com Waldênio eleito por mais quatro anos, então esse círculo se completa e vamos começar um novo círculo, se Deus quiser. Léo Lasan: Após a eleição, como está o contato com o prefeito eleito Dr.Waldênio, o que os senhores tem conversado nessa transição de governo?
Zé Mário: Está tudo bem... Eu não vou ingerenciar ninguém. Waldênio vai ser o prefeito. Sem nenhuma participação minha. A única coisa que vai ter entre eu e Waldênio, é que se ele quiser informações, eu posso dar sobre todos os setores. Governar com ele? Não. Isso não pode. Não deve. Se você elegeu alguém prefeito, saiba que você contribuiu para isso, mas foi o povo que elegeu... Tem muitos políticos que se acham dono do povo. Eu não sou dono do povo. O Dr. Waldênio vai governar para o povo, e aquilo que ele quizer saber, assim como qualquer outro prefeito da região, eu vou dizer como é que fiz para sair com 92% de aprovação.
Léo Lasan: Zé Mário, como será entregue a infra-estrutura funcional do município, para a próxima gestão?
Zé Mário: Nós tivemos muitos investimentos. São João dos Patos hoje, é uma das cidades do Maranhão que daqui a bem pouco tempo, vai ter quatro quadras de esportes. Isso é inédito no Maranhão. Estruturamos a parte de ruas, nos nossos oito anos de mandato, asfaltamos de 85 a 90% da cidade, ou seja, quase que na totalidade, as ruas de São João dos Patos, quando não é calçada é asfaltada. Estruturamos as escolas, municipalizamos o ensino fundamental, que também é uma coisa grandiosa, por que estaremos recebendo mais de 1.200 alunos do estado, com esse propósito de unificar... A partir de janeiro de 2013, a educação de S. J. dos Patos, vai ser 100% direcionada pelo município... Então a infra-estrutura funcional do município, em tudo aquilo que foi possível fazer, fizemos, é claro que ainda tem muita coisa para ser feita... Mas estamos deixando para o prefeito eleito Dr. Waldênio, executar como por exemplo, a Avenida Prefeito Zé Mário, que dá acesso do município de Passagem Franca a São João dos Patos, estaremos assinando ainda esse mês, um projeto de uma praça no valor de 390 mil reais, uma avenida no valor de 1 (um) milhão de reais e mais a urbanização da lagoa de São João, na ordem de 1 (um) milhão de reais. Então, nós estamos deixando para o próximo prefeito executar, 2.400.000, (dois milhões e quatrocentos mil reais) para ele começar a trabalhar e se der certo dele pegar uma boa empresa, pode inclusive no mês de junho, inaugurar alguma coisa no aniversário da cidade, enquanto que eu passei três anos para poder inaugurar as primeiras obras.
Léo Lasan: Zé Mário se observa que nessa reta final de mandato, muitos prefeitos pararam de buscar recursos, enquanto que o senhor está lutando por mais benefícios para o município, haja vista, o senhor viaja constantemente para São Luís ou Brasília... A pergunta é: Ficou faltando alguma coisa que o senhor queria fazer e não fez?
Zé Mário: Sempre fica faltando alguma coisa... Eu queria ter construído mais escolas. Inclusive essa é uma das coisas que eu recomendo para Waldênio em primeira mão, são as estradas... As estradas do nosso município são muito grandes, e apesar de todo ano a gente dar uma arrumada, tipo “tapiadazinha”, não foi bem o que queríamos... Porém, temos estradas boas com para o Jatobá, Malhada da Areia e Barro Branco, mas ainda falta a região da mata, que precisa ser feitas estradas boas... Essa foi uma das coisas que não deu para fazer, a contento, foi feito, mas não do jeito que eu gostaria que fosse...
Léo Lasan: O senhor na nossa última entrevista revelou o desejo de se lançar como candidato a Deputado Federal, como anda esse projeto político e o apoio da governadora Roseana Sarney?
Zé Mário: O projeto continua, mas existem alguns detalhes... Apoio é um dos principais, por exemplo, se a governadora Roseana Sarney não tiver nenhum interesse, dificilmente serei candidato, por que não tem jeito... Eu estou com ela, não vou mudar, então preciso saber se ela tem esse interesse, naturalmente se ela tiver esse interesse vai me ajudar, se não tiver, eu também não vou entrar em uma coisa só para ser candidato... Eu quero ser deputado. Candidato todo mundo pode ser um.
Léo Lasan: Prefeito, o senhor disse que sairia do PMDB, como ficaria o apoio da governadora que é do partido?
Zé Mário: Mas eu iria para um partido da base da governadora
Léo Lasan: Qual partido?
Zé Mário: Existem dois, o PT do B e o PMN
Léo Lasan: Mas por qual motivo para o senhor se candidatar a deputado federal, sairia do PMDB?
Zé Mário: Para ser eleito pelo PMDB precisariam de 90 mil votos, votos esses que eu não tenho onde achar, enquanto que pelas legendas que te falei posso ser eleito com 40 mil votos.
Léo Lasan: O senhor já teve contato com qual desses partidos pretendidos?
Zé Mário: Os dois. Tanto com o Lourival Mendes presidente do PT do B e também com o presidente do PMN.
Léo Lasan: Durante a última campanha eleitoral, percebir a sua aproximação em palanque do Deputado Estadual Rogério Cafeteira do PMN (que é o mesmo partido do Olivan Coelho) como está esse relacionamento?
Zé Mário: Tá bom, mas como te disse é possível que eu vá para um desses dois partidos.
Léo Lasan: O senhor já conversou com a governadora Roseana sobre essa sua proposta política?
Zé Mário: Não. Com a Roseana ainda não... Já estive com o líder do governo, mas líder de governo não é tudo, né? Tenho que conversar mesmo é com ela.
Léo Lasan: Zé Mário, o senhor acredita que este é realmente o momento?
Zé Mário: Eu tenho esperança de ser deputado federal. Eu entendo que sim, este o momento chegou...
Léo Lasan: Por qual motivo?
Zé Mário: ... Por exemplo, o Olivan Coelho, aquí presente... O Olivan é credenciado a ser deputado estadual por Paraibano, o que é que tem? Ele é político! Esse é um projeto para você pegar e fazer política entendeu? Então se a Roseana tiver interesse na campanha, não tenha a menor dúvida que isso é um negócio tranqüilo... Mas também não podemos afirmar isso, temos que aguardar as coisas acontecerem.
Léo Lasan: Mas não são muitos candidatos para a Roseana apoiar?
Zé Mário: ... Ahh! Candidato tem demais, só o que não falta, são pessoas para serem candidatos... Agora, o negócio é ser o que você está querendo ser.
Olivan e Zé Mário Ft:Lasan

Léo Lasan: E o que o senhor quer ser?
Zé Mário: ... Eu estou querendo ser é simplesmente isso: Ser um representante do médio sertão maranhense na Câmara Federal, um representante de peso e medida... E eu não estou me auto-avaliando não, eu realmente espero que as pessoas é que auto-avaliem...
Léo Lasan: A partir de quais critérios?
Zé Mário: ... Por exemplo, quando eu estive como deputado estadual, fui um político 100% de presença na Assembléia Legislativa do Maranhão, é claro que quando eu fui deputado não tinha esse privilégio que tem hoje, de ter emendas de deputado estadual, agora já tem, mas estou atrás de um projeto maior para atender aqui a nossa região do médio sertão maranhense...
Léo Lasan: O senhor acha que os atuais deputados eleitos na região, não fazem isso?
Zé Mário: ...Não questiono sobre os deputados que existem, como por exemplo, Pedro Fernandes (Secretário Estadual de Educação do Maranhão), Gastão Vieira (Ministro do Turismo) e outros mais, pelo contrário, eu inclusive sou fã deles, não tenho nada contra... Gastão Vieira por exemplo, votei nele em vários mandatos, torço para que ele seja senador da república...
Léo Lasan: Por que o senhor apoiaria o ministro Gastão Vieira para se candidatar ao senado?
Zé Mário: ... Acho que não tem nenhum outro nome no momento melhor que o dele, o Gastão atualmente é um cara fantástico para essa questão da senadoria da república, além do que já é um homem que tem conhecimentos, now row, compromisso e projetos políticos, que você sabe que o Gastão tem a experiência de vários cargos públicos em nível estadual e nacional, então vejo hoje, no caso da governadora Roseana Sarney, que já publicou que não vai ser mais candidata e tem a vaga de senadora, eu acho que nada mais justo que seja o Gastão.
Léo Lasan: Ao falar dessa opção e publicação da governadora, quem o senhor avalia como a pessoa mais indicada nas próximas eleições para ser o  governador do Maranhão ?
Zé Mário: ... O governo tem dois bons nomes . Um é o de Luis Fernando (secretário-chefe da casa civil) e o outro do Lobão (ministro de minas e energia).Ambos muito bons. E aquele que for indicado será o meu candidato.
Léo Lasan: Voltando para política regional, pós-eleição de prefeitos, como está o seu relacionamento, com os gestores e futuros gestores municipais no médio sertão maranhense?
Zé Mário: ... Estão bons... Inclusive, foi bom você ter feito essa pergunta, por que há bem pouco tempo fiz uma proposta para eles, que se eles quisessem, eu seria o novo presidente da Associação dos Municípios, sem nenhum cargo, mas não foi possível, então, eu acho que eles não vão abrir para isso aí... Mas certamente eu poderia fazer um grande trabalho na associação dos prefeitos...
Léo Lasan: Inclusive essa é uma luta constante que o senhor tem, por quê?
Zé Mário: ... Éeeh! Por que eu fiz muita coisa no tempo em que fui presidente da associação dos prefeitos e tenho consciência que poderia fazer muito mais.
Léo Lasan: Cite exemplos?
Zé Mário: ... Primeira coisa, quando você é presidente de uma associação, você não deixa de querer ter um lado egoísta, de querer para a sua cidade, isso é extremamente normal, para tanto, eu entendo que se fosse presidente da associação agora, nós íamos ter uma experiência nova...
Léo Lasan: Qual experiência?
Zé Mário: ... Por exemplo: A Confederação Nacional dos Municípios (CNM), o prefeito não está no exercício há alguns bons doze anos, mas ele continua sendo prefeito, como no nosso caso aqui, não é associação de prefeitos e sim associação de municípios do médio sertão maranhense, e como eu não tenho outra atividade, sou apenas político, então entendo que poderia dar uma contribuição como dei da primeira vez e sendo reeleito...
Léo Lasan: O que realmente acontece, para que a associação não dê assistência aos municípios da região?
Zé Mário: ... Credibilidade... A questão é essa, para ser presidente tem que ter credibilidade...
Léo Lasan: O atual presidente (Enoque Mota) da Associação dos Municípios do Médio Sertão Maranhense  perdeu credibilidade?
Zé Mário: ... Não tenha a menor dúvida. Perdeu o crédito...
Léo Lasan: Exemplifique o motivo?
Zé Mário: ... Não reuniu ninguém, não conversou, não teve entendimento durante quatro anos aí... Então, a gente se comunicando fica fácil. Sem comunicação fica difícil. Política é diálogo, é entendimento... Quando você é presidente de uma associação e você erra, erra pra todo mundo... Então eu entendo que acertei na associação, a prova disso é que fui eleito e reeleito e ao terminar o meu mandato, todos os prefeitos queriam que eu continuasse, mas infelizmente não é permitido e nem tinha o direito de ficar por mais de duas vezes consecutivas como presidente.
Léo Lasan: O senhor falou da Associação dos Municípios do Médio Sertão Maranhense, e em relação a Federação dos Municípios do Estado do Maranhão, a FAMEM?
Zé Mário: A FAMEM é outra que perdeu o crédito total com os prefeitos, são poucos os prefeitos que contribuem hoje com a FAMEM, por falta de crédito.
Léo Lasan: Zé Mário, sempre fica uma pergunta que a gente não lembra, mas sinta-se a vontade para fazer suas considerações finais...
Zé Mário: Quero desejar um Feliz Natal para todo mundo e que em 2013 todas as expectativas geradas dentro das pessoas, possam ser realizadas... Quero agradecer a Deus pela vida, pela minha família, pelos amigos de São João dos Patos e da região do médio sertão e dizer a todos que estamos atentos 100% política por excelência e pra você caro jornalista e sua família desejo tudo de bom, saiba que receber você e seus amigos em minha casa é uma satisfação muito grande e nada melhor do que a gente ter amigos e você é um dos grandes amigos que eu tenho. Obrigado.
Entrevista:Léo Lasan. A entrevista e fotos podem ser reproduzidas, desde que cite as fontes.

2 comentários:

Pedro Alcino do RE Novelations disse...

Há 4 meses atrás, passei a acompanhar este blog, que já é leitura essencial na minha lista semanal. Vi aqui uma equipe seria e competente, que sempre traz as melhores materias e tudo que de mais acontece no nosso medio sertão Maranhense. Estão de Parabens, continuem o trabalho por que gostamos muito.

Anônimo disse...

O Prefeito Zé Mário pretende ser candidato a deputado estadual ou federal? A reportagem deixo os leitores confusos!!!!